Publicado em 27/09/2021

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Imagem de Divulgação

Por conta de um projeto do Laboratório de Sangue e Hemoderivados do INCQS/Fiocruz com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Instituto se tornou o laboratório de referência para análises fiscais de glicosímetros (aparelhos utilizados para medir os níveis de glicose no sangue), de acordo com a Anvisa em seu portal. O projeto é tese de doutorado de Álvaro Ribeiro no Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária (PPGVS/INCQS).

“A implantação dos métodos para análise dos conjuntos glicosímetros torna o INCQS o laboratório de referência da Rede Nacional de Laboratórios de Vigilância Sanitária (RNLVISA) no que diz respeito às análises fiscais. Além disso, amplia a capacidade de controle e monitoramento analítico pós-mercado desses produtos por parte do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS)”, diz a publicação da Anvisa.

Este projeto proporcionou ao profissional Álvaro Ribeiro a possibilidade de submeter-se à seleção ao curso de doutorado do PPGVS/INCQS, orientado pela Dra. Helena Zamith.

Até o momento o Laboratório de Sangue e Hemoderivados do INCQS/Fiocruz concluiu a implantação de testes de repetibilidade, reprodutibilidade/precisão intermediária, recuperação, interferentes e desempenho funcional de medidores de glicose, com base nas diretrizes da norma ISO 15197:2013.