Publicado em 18/05/2021.

Por Maria Fernanda Romero (INCQS/Fiocruz)

O Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e o Instituto Oswaldo Cruz (IOC), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) realizaram na última semana de abril juntamente com o Centro de Segurança Alimentar e Nutrição Aplicada (CFSAN) da Food and Drug Administration (FDA), a agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, um evento virtual para verificar possibilidades de cooperação internacional na difusão de conhecimento técnico científico sobre segurança alimentar e surtos relacionados a alimentos.

O seminário virtual intitulado como "Caracterização Avançada de Microrganismos de interesse em Segurança Alimentar com foco na epidemiologia molecular: Avanços Recentes no Sequenciamento Genômico", foi realizado nos dias 28 e 29 de abril e reuniu cerca de 70 participantes em cada dia. O objetivo do evento foi apresentar ferramentas de Biologia Molecular utilizadas nas investigações de surtos de origem alimentar e considerar possíveis parcerias entres as instituições.

As representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Renata Zago e Liliane Alves, participaram do encontro e abordaram a atuação da Agência na segurança alimentar e fiscalização de estabelecimentos e produtos com desvios de qualidade e segurança. As pesquisadoras do IOC, Marize Miagostovich, Deize Valim e Dália dos Prazeres, falaram sobre os microrganismos transmitidos por alimentos de impacto no Brasil. Do INCQS, a pesquisadora, Renata Trotta, apresentou o tema Detecção e genotipagem de Trypanosoma cruzi em amostras de açaí. Marco Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz apresentou a infraestrutura da Fundação para o sequenciamento genômico e bioinformática. Os representantes do CFSAN/FDA ministraram palestras sobre ferramentas moleculares aplicadas à segurança alimentar.

"A expectativa de colaboração com a FDA traz possibilidades de trabalhos em conjunto, implantação e desenvolvimento de métodos, treinamentos, capacitação e multiplicação de conhecimento na área do ensino. Além disso, fazer parte da rede de laboratórios que utiliza o Programa “Genome Tracker” para monitoramento de surtos alimentares, fortalece a atuação da FIOCRUZ na área de segurança alimentar nas diversas regiões do país, contribuindo sobretudo para vigilância epidemiológica mundial", comentou Renata Trotta, chefe do Laboratório de Microbiologia de Alimentos e Saneantes do Departamento de Microbiologia (DM) do INCQS.

"Ótimo evento, parabéns a todos os envolvidos. Seguiremos na formação do Comitê de Direção para dar início ao processo de colaboração internacional", declarou Alexandre da Silva, do CFSAN/ FDA, que elogiou a qualidade dos trabalhos apresentados pela Fiocruz.

De acordo com Rosane Alves, coordenadora do Núcleo Técnico de Alimentos do INCQS, que colaborou com a organização do evento, o seminário é resultado de discussões nos últimos dois anos e traz a oportunidade de enquanto instituição, estreitar laços dentro e fora da Fiocruz. "Inúmeras possibilidades de cooperações foram citadas e em nome do grupo de profissionais que atuam na área de alimentos do INCQS gostaria de dizer que estamos empenhados e à disposição para parcerias futuras", afirmou.

Célia Romão, vice-diretora de Vigilância Sanitária do INCQS destacou que foi com muito empenho e satisfação que organizamos e realizamos, com a colaboração do IOC e parceria do FDA, esse evento sobre Segurança alimentar, tema de alta relevância para a saúde pública. Possibilidades de acordos e parcerias entre instituições nacionais e internacionais constituem estratégias fundamentais para a abordagem das questões sanitárias de forma mais ampla. "Agradeço a todos e todas que contribuíram para a realização desse seminário".

Participaram da organização do evento, pelo INCQS: Rosane Alves, Renata Trotta, Marinete Barros (Secretaria Executiva), Maria Fernanda Romero (Assessoria de Comunicação Social), Célia Romão e Rogério Duarte (Serviço de Gestão da Tecnologia da Informação); pelo IOC: a pesquisadora, Ana Paula Assef; e CSFAN/FDA: Marianne Solomotis e Alexandre da Silva.

banner evento FDA