Publicado em 19/11/2020.

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Imagem de Divulgação

A tecnologia Kit para diagnóstico de meningites bacterianas por PCR em Tempo Real-HRM, coordenada pelo Coordenador de Pesquisa/NIT-INCQS, Ivano de Filippis, foi incluída no Portfólio de Inovação da Fundação. No Portfólio estão os resultados inovadores gerados na instituição.

O novo kit está sendo desenvolvido com o objetivo de diminuir os custos do diagnóstico molecular das meningites bacterianas em até 80%, com relação aos testes disponíveis atualmente, visando seu uso em laboratórios públicos, principalmente, e privados.

“A proposta é inovadora, devido à utilização de apenas um fluoróforo para detectar os genes-alvo por análise da Temperatura de Melting (TM) do gene-alvo da bactéria. Cada gene detectado apresenta uma TM diferente que é facilmente visualizada em um gráfico no final da amplificação. O sistema atualmente empregado para o diagnóstico (Taqman) utiliza três sondas diferentes com custo muito superior ao método do qPCR-HRM”, explica Ivano.

Ele destaca, também, que o qPCR-HRM, apesar de ser mais econômico, mantém a sensibilidade, especificidade e facilidade de leitura dos resultados similares ao Taqman.

O kit teve seu depósito de patente aprovado em fevereiro de 2018 no Brasil e em setembro de 2020 teve seu depósito aceito em toda a comunidade Europeia, incluindo os 11 países que não fazem parte, totalizando 38 países. A patente foi depositada também na China, Estados Unidos e Canadá.

O Portfólio de Inovação da Fiocruz faz um levantamento sobre a inovação em saúde e busca potencializar o uso social destes projetos, por meio de parcerias para transferência e incorporação de conhecimentos e tecnologias em saúde. A versão atual, lançada em 2014, apresenta mais de cem projetos distribuídos em setores tecnológicos como vacinas, medicamentos, tecnologias sociais/educacionais e serviços em saúde.