Publicado em 03/11/2020.

Por Maria Fernanda Romero (INCQS/Fiocruz)

O Setor de Resíduos do Departamento de Química (DQ) do INCQS marcou presença no 1º Congresso on-line Brasileiro de Tecnologia de Cereais e Panificação (CBCP), promovido na primeira semana de outubro. O trabalho 'Análise de resíduos de agrotóxicos em arroz comercializado no Brasil', de autoria de Angélica Castanheira de Oliveira, Luisa Figueira Quintão, Vanessa da Silva Santos, Maria Helena Wohlers Morelli Cardoso e Lucia Helena Pinto Bastos, foi publicado nos anais do CBCP 2020 no formato de ebook.

Essa foi a primeira edição do evento. O CBCP é um encontro de caráter técnico-científico, com abrangência nacional, realizado pela Universidade Federal de São João del-Rei, em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Embrapa Milho e Sorgo e Embrapa Agroindústria de Alimentos. Trata-se de um evento on-line, composto de palestras, publicação de resumos e apresentação de trabalhos. O tema deste ano foi a 'Saudabilidade na Indústria de Cereais e Panificação'.

Angélica Castanheira de Oliveira, do DQ/ INCQS, explica que foram apresentadas algumas das atividades que são desenvolvidas no instituto e dados sobre a questão dos agrotóxicos no Brasil e alguns aspectos toxicológicos. "Falei também sobre a produção e o consumo de arroz no país, a alimentação infantil, os programas nacionais de monitoramento de agrotóxicos em alimentos, análises realizadas no Setor de Resíduos do DQ em arroz e cereais infantis à base de arroz e, ainda, sobre os múltiplos resíduos que são encontrados nessas amostras", afirma.

Segundo a tecnologista, é extremamente importante a participação do insttuto nestes eventos, devido à alta qualidade técnico-científica dos debates, assim como a ampla participação de pesquisadores, professores e profissionais da área de tecnologia de cereais e panificação do Brasil, que tem como objetivo principal reunir e promover a troca de conhecimentos entre pesquisadores, estudantes, profissionais do setor industrial e demais interessados na área de tecnologia de cereais e panificação.

Print da palestra de agrotóxicos no CBCP 2020Foto: Imagem arquivo pessoal