Publicado em 18/06/2020.

Por Maria Fernanda Romero (INCQS/ Fiocruz)

EapY9LTWsAA9L78

A participação dos laboratórios em atividades de ensaio de proficiência (EP) é um dos mecanismos de controle da qualidade. Para reforçar essa importância, o INCQS participou de um webinar da Rede Interamericana de Laboratórios de Análises de Alimentos (Rilaa/ Infal) esta semana.

Marcus de la Cruz, coordenador do Núcleo Técnico da Comissão do Programa de Ensaios de Proficiência (CPEP) do INCQS, membro brasileiro no Comitê Executivo da Rilaa, apresentou a experiência do instituto em organização de EP e na análise crítica de participação de nossos laboratórios em outros EPs, assim como toda nosso conhecimento em gestão de qualidade.

"O objetivo foi explicar aos laboratórios associados à Rilaa a importância da participação em EPs, desde a escolha de ensaio de proeficiência adequado, passando por como o laboratório deve conduzir as análises e terminando na interpretação dos resultados, isto é, na análise crítica de todo o processo", afirmou Marcus de la Cruz.

O webinar foi intitulado como "La Interpretación de los Interlaboratorios y los Beneficios que Pueden Representar al Laboratorio Participante", em espanhol, que pode ser traduzido, de uma forma livre para "A interpretação dos Ensaios de Proficiência e os benefícios que podem representar ao laboratório participante".

O encontro, realizado pela plataforma Zoom, na última terça-feira (16), reuniu cerca de 25 pessoas de 12 países, dentre eles: Argentina, Brasil, Bolívia, Cuba, Costa Rica, Equador, El Salvador, Honduras, México, Panamá, Uruguai e Venezuela.

A importância da presença do INCQS neste encontro é divulgar o nosso trabalho e expertise em âmbito latino americano.

A Rilaa é uma rede de cooperação horizontal entre laboratórios governamentais das Américas. Criada em 1997 após uma reunião organizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), é composta por mais de 250 laboratórios, membros de cerca de 30 países, dentre laboratórios em nível interamericano e instituições nacionais.

EapY38mWAAgdKsO