Publicado em 07/04/2020.

Imagem de Divulgação

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

O trabalho do INCQS/Fiocruz na avaliação do controle da qualidade dos kits para teste rápido do Covid-19 foi destacado pelo secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, em entrevista coletiva da equipe do Ministério da Saúde (MS), no dia 6 de abril. Na ocasião, o ministro Luiz Henrique Mandetta reforçou as medidas estabelecidas para o combate à pandemia no Brasil. 

No minuto 16 da entrevista, o secretário explicou que foi possível fazer a apresentação das instruções para afastamento laboral, porque o INCQS liberou a avaliação do controle da qualidade dos kits para teste rápido do Covid-19.

De acordo com ele, a avaliação do INCQS e o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proporcionaram um instrumento técnico que deu segurança para o Ministério aplicar a sua metodologia. 

Confira o trecho da coletiva:

INCQS e Fiocruz:

O INCQS realiza análises prévias nos kits de diagnóstico (conjuntos e reagentes, calibradores e controles) de classe 3 (no caso de surtos) e de classe 4,  para compor o processo de registro junto à Anvisa. Realiza também análises de controle para o Ministério da Saúde e análises fiscais no caso de denúncia por desvio da qualidade.

No ano de comemoração de seu 120º aniversário, a Fiocruz tem se destacado na resposta à essa pandemia.