Publicado em 02/10/2019.

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Foto: Arquivo Pessoal

A chefe do Setor de Produtos Não Estéreis do Departamento de Microbiologia (DM) do INCQS/Fiocruz, Joana Angélica Barbosa Ferreira, apresentou o tema Boas práticas sanitárias em serviços de diálise, em 23 de setembro, na Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa). A exposição integrou o evento Vigilância em Curso.

A representante do INCQS discutiu os resultados das análises de água tratada para hemodiálise, com base nas informações coletadas no Programa de Fiscalização de Água Tratada para Hemodiálise, uma parceria do Instituto com a Subvisa firmada em 1999.

O tema faz referência ao tratamento que a água utilizada no preparo e execução de procedimentos dialíticos deve receber no ambiente hospitalar, segundo parâmetros preestabelecidos. As diversas etapas do sistema de tratamento, armazenagem e distribuição da água para hemodiálise devem ter garantia da qualidade. 

“Apresentei as legislações específicas voltadas para este tipo de serviço, as competências de fiscalização nas áreas de saúde, engenharia e profissionais das clínicas de hemodiálise do município do Rio de Janeiro, além da avaliação temporal dos resultados obtidos desde 1999 até 2019 demonstrando a melhoria da qualidade dos mesmos,” detalhou Joana Angélica.