Publicado em 18/09/2019.

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Foto: IOC/ Fiocruz

O INCQS/Fiocruz recebeu um dos pioneiros, na Fundação, da técnica citometria de fluxo, o pesquisador titular em Saúde Pública e chefe substituto do Laboratório de Imunoparasitologia do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), Dr. Álvaro Bertho Santos. Ele ministrou a aula aberta Citometria de fluxo: fundamentos e aplicações na pesquisa, em 12 de setembro.

A aula teve duração de quatro horas e nela o palestrante explicou o funcionamento, a aplicação e a história desta ferramenta, que é utilizada nas mais diversas áreas da pesquisa e do desenvolvimento.

Trata-se de uma “ferramenta direcionada ao estudo de células, e utilizada na identificação, avaliação e diferenciação de diversas características celulares. Baseia-se na detecção de substâncias fluorescentes (fluorocromos) acoplados a anticorpos, capazes de se ligar a determinada molécula presente nas células - avaliadas uma a uma. Além disso, a citometria de fluxo permite ainda a separação rápida e purificada de uma suspensão heterogênea de células – processo denominado Sorting”, conforme explicou o chefe do Laboratório de Farmacologia do Departamento de Farmacologia e Toxicologia (DFT) do INCQS, Fausto Ferraris.

Durante a aula aberta, o Dr. Álvaro Bertho Santos destacou a importância desta técnica para a imunologia, acrescentando que ela tem aplicabilidade também em outras áreas:

“Hoje, cerca de 80% dos trabalhos realizados com citometria são da área de imunologia, mas há inúmeras aplicações possíveis”, apontou.

A apresentação foi feita a convite dos coordenadores da disciplina Imunologia Aplicada a Vigilância Sanitária, Dra Ana Cristina Nogueira e Dr Fausto Ferraris, bem como da coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária, Dra. Katia Leandro.

Outras aulas abertas previstas no âmbito da referida disciplina. São elas:

19/09 - Vacinas - Professora Dra. Paula Mello De Luca
24/09 - Vacinologia reversa aplicada a identificação de epítopos - Professor Dr Rodrigo Nunes Rodrigues da Silva, de Bio-Manguinhos/Fiocruz.
26/09 - Citocinas - Professora Dra. Priscilla Christina Olsen da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).