Publicado em 26/04/2019.
Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Foto: Pedro Paulço Gonçalves (INCQS/Fiocruz)

Para tratar sobre medicamentos, dois representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), o coordenador da Unidade Técnica de Medicamentos, Tecnologia e Pesquisa em Saúde, Tomás Pippo, e a oficial Especialista em Medicamentos e Tecnologias em Saúde, Natália Franco Veloso, visitaram o INCQS em 16 de abril. Acompanhou a visita o chefe do Departamento de Política de Medicamentos e Assistência Farmacêutica da Fiocruz (NAF), Jorge Bermudez.

O encontro foi promovido pelo Vice-Presidente de Produção e Inovação em Saúde (VPPIS) da Fundação, Marco Krieger.

Na ocasião, os visitantes se reuniram com o diretor do INCQS, Antonio Eugenio de Almeida, a vice-diretora de Vigilância Sanitária, Célia Romão e o vice-diretor substituto da Qualidade, Sérgio Alves para troca de experiências e informações sobre o tema.

Além disto, eles visitaram os Departamentos de Química (DQ) e de Microbiologia (DM) para conhecer as instalações e o trabalho desenvolvido pelo INCQS, já que o Instituto é pré-qualificado pela Organização Mundial de Saúde para a análise de medicamentos.

“A visita ao INCQS foi porque o Instituto é o laboratório oficial credenciado da Organização Mundial de Saúde (OMS) para Controle de Qualidade de Produtos Farmacêuticos, avaliado pela equipe de inspeção da Organização quanto à sua adequação aos requisitos das Boas Práticas”, explicou Tomás Pippo, que completou:

“O INCQS cumpre um papel importante dentro do sistema de saúde latino-americano”.