Publicado em 23/10/2018.
Por Penélope Toledo (INCQS/ Fiocruz)

Imagem de Divulgação

Uma pesquisa, quatro eventos acadêmicos. O estudo Aspectos históricos e de controle de qualidade da Vacina Conjugada contra Haemophilus influenzae tipo b (Hib), da bolsista Anny Gabrielli de Souza, orientada por Ozéias Leitão, foi apresentado na 6ª Reunião Anual de Iniciação Científica, no 1º Simpósio de Medicina Tropical e Doenças Negligenciadas da UFRJ, na XXXIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental e na VII Jornada Científica do INCQS.

Aluna do Colégio Pedro II e bolsista do Laboratório de Produtos Biológicos e Artigos de Saúde (LBAIS) do Departamento de Química (DQ) do INCQS, Anny Gabrielli participou primeiro, em maio, no Museu da Vida, da 26ª Reunião Anual de Iniciação Científica da Fiocruz (Raic), apresentando ainda seus primeiros resultados na fase Avançado da Iniciação.

Dois meses depois, em julho, participou do 1º Simpósio de Medicina Tropical e Doenças Negligenciadas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Chagas, leishmaniose, filariose e malária são alguns exemplos de doenças tropicais negligenciadas, que são responsáveis por 500 mil a 1 milhão de óbitos anualmente e representam um problema global de saúde pública, além de indicarem importantes aspectos socioculturais e político-econômicos, como iniquidade social e globalização.

Anny voltou a expor a sua pesquisa na VII Jornada Científica do INCQS, evento que integrou a semana de comemoração do 37º aniversário do Instituto, em setembro. Na ocasião, foram apresentados 57 trabalhos acadêmicos, de alunos de iniciação científica (Pibic), iniciação tecnológica (Pibiti), estágio curricular (PEC), orientação vocacional (Provoc), da Residência Multiprofissional em Vigilância Sanitária com Ênfase na Qualidade de Produtos, Ambiente e Serviços (R2 e R1) e pós-doutorado (Pós-Doc).

Além destes, a bolsista do Setor de Produtos Biológicos do INCQS levou o seu estudo para fora do Rio de Janeiro. Em Campos do Jordão-SP, ela expôs seus conhecimentos adquiridos no Instituto, na XXXIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, entre 2 e 6 de setembro.

Anny Gabrielli de Souza é bolsista do Programa de Vocação Científica (Provoc) da Fiocruz. Sobre suas participações nestes eventos científicos, ela ressalta a importância que tiveram nos aspectos educacional, profissional e, mesmo, humano, sobretudo quando viajou para apresentar seu estudo outro estado:

“Foram experiências únicas, que só pude viver graças ao Provoc. A viagem e a participação nos eventos me permitiram, além de experiência acadêmica, crescimento e realização pessoal. Foi gratificante poder participar de eventos ao lado de companheiros do laboratório e do Provoc, e foi desafiador enfrentar a atmosfera fora da Fiocruz, que para mim, era desconhecida”, definiu.