Por: Ascom/ Secretaria Municipal de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS) informa que já adotou medidas de prevenção, controle e assistência, a partir da identificação do aumento no número de casos de hepatite A no Vidigal, na Zona Sul. As visitas domiciliares de agentes de saúde fazem parte da rotina e ocorrem independentemente do aumento no número de casos de hepatite A. Até o momento foram notificados 92 casos com 75 confirmados.

Entre as ações das medidas de prevenção, está a coleta da água em oito pontos da comunidade para avaliação de qualidade e a identificação da fonte de contaminação. A análise da água está sendo realizada em laboratórios de referência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Vigilância Sanitária Municipal. Novas amostras de água, de locais diversos, serão coletadas.

A SMS está dando assistência a todos os casos notificados, orientando a população e intensificando a vacinação contra a doença para as crianças menores de cinco anos, faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde.

Leia a notícia completa aqui.

 

O INCQS
Por: Penélope Toledo (ACS/ INCQS)

O INCQS desenvolve o controle da qualidade das vacinas contra hepatite A e B, envolvendo seus quatro departamentos técnico-científicos: Imunologia (DI), Microbiologia (DM), Farmacologia e Toxicologia (DFT) e Química (DQ).

O DI realiza a análise de protocolo de produção e controle de qualidade e o teste de potência. O DM examina a esterilidade. O DFT desenvolve o ensaio de endotoxina bacteriana (LAL). O DQ avalia a dosagem de alumínio.

A pesquisadora de Saúde Pública e chefe do Setor de Vacinas Virais, Renata Faria de Carvalho, explica a importância do controle de qualidade das vacinas antes que sejam encaminhadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI), do Governo Federal, e disponibilizada para o uso da população:


- Antes das vacinas serem aplicadas nas pessoas, é fundamental que o INCQS, que é o órgão responsável pelo controle da qualidade das vacinas no país, avalie a eficácia e a segurança do produto. Esta vacina tem eficácia de 80 a 100%.