As atividades do Grupo Técnico de Conjuntos, Reagentes e Insumos para Diagnósticos (GT/Kits) devem ser entendidas em conjunto com as do Grupo Técnico de Sangue e Hemoderivados (GT/SH). Ambos trabalham em cooperação, inclusive, ocupando o mesmo espaço físico no INCQS: o Laboratório de Imunodiagnóstico. A ajuda mútua ocorre porque o GT/Kits se utiliza de amostras de sangue testadas pelo GT/SH para ensaios; em contrapartida, para suas análises, o GT/SH faz uso dos kits de diagnóstico aprovados pelo GT/Kits.

Em geral, o GT/Kits averigua a qualidade de reagentes, que ocasionalmente podem ser agrupados e montados em kits. Esses reagentes servem para diagnosticar doenças transmissíveis pelo sangue, para verificar o tipo sangüíneo de um paciente (por exemplo, A positivo, O negativo etc) ou para realizar outros tipos de testes afins. Dito de maneira mais minuciosa, o GT/Kits analisa produtos para diagnóstico in vitro, que de acordo com a legislação da área, definem-se como sendo reagentes, padrões, calibradores, controles, materiais, artigos e instrumentos, junto com as instruções para seu uso, que contribuem para realizar uma determinação qualitativa, quantitativa ou semi-quantitativa de uma amostra proveniente do corpo humano e que não estejam destinados a cumprir alguma função anatômica, física ou terapêutica, que não sejam ingeridos, injetados ou inoculados em seres humanos e que são utilizados unicamente para prover informação sobre amostras obtidas do organismo humano.

Cerca de 99% das demandas recebidas pelo Grupo vêm da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Trata-se de análises prévias nos kits utilizados no Brasil para o diagnóstico das hepatites B e C, da doença de Chagas, da sífilis e para a detecção dos vírus HIV 1 e 2 (causadores da aids) e HTLV I e II.  Esses kits só recebem o registro da Anvisa, caso sejam aprovados pelo GT/Kits do INCQS. Em raríssimas ocasiões, o GT/Kits pode receber alguma demanda de órgãos estaduais e municipais, já que assim como todos os outros grupos técnicos do Instituto, somente órgãos governamentais são atendidos.