Publicado em 18/03/2021.

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Imagem de Divulgação

O Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária (PPGVS) do INCQS/Fiocruz promoveu, entre 8 e 12 de março, o curso de férias “Compreendendo a Nova Rotulagem de Alimentos Embalados”. Ofertado remotamente no Campus Virtual da Fiocruz por meio da plataforma Zoom, o curso teve carga horária de 10 horas de aulas síncronas e 5 horas assíncronas.

As aulas foram ministradas pelas alunas do PPGVS Katia Laine Magalhães do Couto e Priscila Rodrigues de Jesus, e coordenado por Katia Christina Leandro, que também coordena a pós-graduação do INCQS. Contaram com a participação de 45 estudantes de diferentes áreas da Saúde, entre graduandos e pós-graduandos.

Dentre os temas abordados estão questões sobre a nova resolução Nº 429, de 8 de outubro de 2020, relativa à rotulagem nutricional dos alimentos embalados e à utilização da nova rotulagem frontal nessa categoria.

Além de possibilitar o entendimento desta nova legislação e sua comparação com as demais normas sanitárias brasileiras vigentes, o curso teve como objetivos possibilitar a compreensão das normas de alimentos embalados em demais países das Américas e da União Européia, bem como abordar a necessidade de maior compreensão das informações contidas nos rótulos dos alimentos embalados pelos consumidores.

Esta foi a segunda edição em que alunos do PPGVS/INCQS ministraram cursos abertos ao público, conforme explica Katia Laine. A iniciativa proporciona a oportunidade de somar o conhecimento teórico com a experiência prática de sala de aula:

“O feedback dos participantes tem sido positivo e por isso surgem solicitações para o desenvolvimento de cursos mais extensos sobre o tema, o que comprova o sucesso deste programa, que insere os alunos de doutorado nos cursos oferecidos pelo Campus Virtual da Fiocruz. Pretendemos continuar ministrando este curso e atender sim as demandas dos alunos”, declara Katia.

Amanda Rio, coordenadora dos Cursos Livres do INCQS, conta que mesmo neste momento de pandemia, com a suspensão das atividades de ensino presenciais, a pós-graduação do Instituto se adaptou e continua oferecendo os cursos de forma remota, desenvolvidos para diversas áreas do conhecimento:

“A finalidade é a capacitação de estudantes de graduação, pós-graduação e profissionais que atuam na área da Saúde em todo o território nacional”, salienta Amanda.