Publicado em 10/09/2020.

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Imagem de Divulgação

As N-Nitrosaminas são impurezas que podem estar presentes em alguns medicamentos conhecidos como “sartanas”, comumente usados para pressão arterial, além de ranitidina, metformina, entre outros, e por serem prováveis agentes cancerígenos humano, precisam estar em níveis aceitáveis para não impactar na saúde. A chefe do Laboratório de Medicamentos, Cosméticos e Saneantes do INCQS/ Fiocruz, Mychelle Alves Monteiro, falará sobre este tema no evento virtual N-Nitrosaminas em medicamentos: elas existem e nós sabemos como encontrá-las!, promovido pela SCIEX Brasil em 16 de setembro de 2020, às 10h.

A apresentação da profissional do INCQS, intitulada Metodologia analítica para identificação e quantificação de impurezas de N-nitrosaminas, vai abordar, dentre outros pontos, a experiência do próprio Instituto, que neste ano está realizando a validação de metodologias para determinação de N-Nitrosaminas em medicamentos. Até o momento o Instituto já validou as N-Nitrosaminas em medicamentos de Losartana e Valsartana e assim que os POP forem referendados, irão iniciar o monitoramento dessas substâncias. As validações são referentes a um projeto da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e que têm o objetivo de ainda validar as N-Nitrosaminas nos medicamentos de Candesartana, Irbesartana, Olmesartana e Telmisartana.

“A avaliação de risco para identificação e o controle de N-Nitrosaminas tem como objetivo garantir a saúde da população brasileira, visto que essas substâncias podem causar câncer de laringe e nas cavidades nasais”, explica Mychelle.

Além de sua apresentação, o evento também contará com outros três painéis: O que é preciso saber para realizar a avaliação da presença de Nitrosaminas em IFAs?, por Mariah Ultramar, da Spektra Consultoria; Understanding the risk of nitrosamines within drug substance synthesis, por Mike Burns, da Lhasa Limited; e Identificação de impurezas genotóxicas desconhecidas: como garantir a segurança do seu produto por espectrometria de massas de alta resolução e exatidão, de Nicolas Schwab, da SCIEX.

As inscrições para participar do evento podem ser feitas por aqui.