Publicado em 14/07/2020.

Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Foto: Arquivo ICTQ

O INCQS/Fiocruz tem três representantes na Rede Nacional de Laboratórios de Controle Biológico (WHO-NNB) da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Rede consiste em uma plataforma para colaboração e intercâmbio técnico sobre controle e garantia da qualidade de vacinas ou outros medicamentos biológicos.

Os profissionais do Instituto que compõem a rede são o diretor Antonio Eugenio de Almeida, a coordenadora do Núcleo Técnico de Produtos Biológicos (NT-PB), Maria Aparecida Boller, e a integrante do Instituto no Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/ Fiocruz), Eleonora Vasconcellos.

Maria Aparecida Boller explica que é importante ao INCQS participar, pois este intercâmbio proporciona o compartilhamento de informações técnicas e de qualidade relacionadas a produtos pré-qualificados, bem como o acesso e a disponibilidade de vacinas pré-qualificadas ou outros medicamentos biológicos, reduzindo assim os testes redundantes.

“Além disso, é uma oportunidade para promovermos o desenvolvimento de normas comuns harmonizadas e de compartilharmos as melhores práticas”, completou.

Criada em 2016 em reunião da OMS na Holanda, a Rede é composta por 21 laboratórios nacionais de controle de vacinas responsáveis pelo teste de vacinas pré-qualificadas.