Publicado em 09/05/2019.
Por Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Imagem de Divulgação

O coordenador de Pesquisa do INCQS, Ivano de Filippis, apresentou a palestra Development of an identification system of Neisseria meningitidis, Streptococcus pneumoniae and Haemophilus influenzae in clinical samples, by qPCRHRM (Desenvolvimento de um sistema de identificação de Neisseria meningitidis, Streptococcus pneumoniae e Haemophilus influenzae em amostras clínicas, por qPCRHRM) no dia 8 de maio, no IV International Symposium on Immunobiologicals (ISI) e VII Seminário Anual Científico e Tecnológico (SACT).

O tema se refere a uma técnica de análise por amplificação em tempo real (polymerase chain reaction – PCR) dos genes alvo das bactérias que podem causar meningite, associada ao High Resolution Melting (HRM).

O assunto havia sido abordado na disciplina Seminários Avançados I, do Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária (PPGVS), em 2 de maio.

“É importante disseminar a proposta de diagnóstico e caracterização das bactérias em material clínico por qPCR-HRM, para ajudar na definição da melhor apresentação para comercialização, validação e parceria para produção de um kit comercial”, destacou Ivano.

O ISI e SACT são promovidos por Bio-Manguinhos/Fiocruz, por conta do Projeto Inovabio. O objetivo do evento  estimular o desenvolvimento tecnológico, a integração entre cientistas, pesquisadores e instituições de pesquisa e produção e para dar visibilidade à produção científica brasileira.