Publicado em 26/09/2018.
Por Penélope Toledo (INCQS/ Fiocruz)

Fotos: Pedro Gonçalves (INCQS/ Fiocruz)

Profissionais do Setor de Microbiologia de Fármacos, Fitofármacos, Cosméticos, Artigos e Insumos de Diálise, do Departamento de Microbiologia do INCQS (DM) ministraram o curso de atualização Microbiologia de fármacos, fitofármacos, cosméticos, artigos de saúde e insumos de diálise, entre 17 e 21 de setembro. O programa integra a Coordenação de Assistência à Pesquisa e Aperfeiçoamento Acadêmico.

Sob a coordenação da Dra Joana Angélica Barbosa Ferreira e Dra Maysa Beatriz Mandetta Clementino, a atualização conta com a participação de Priscila Rodrigues de Jesus e Juliana dos Santos Carmo como colaboradoras.

O objetivo do curso, que ocorre anualmente, é a atualização dos profissionais na área de microbiologia de fármacos e fitofármacos, cosméticos, artigos e insumos de diálise e concentrado polieletrolítico, abordando a legislação vigente, aspectos teóricos e práticos para os diversos ensaios executados, de acordo com a metodologia oficialmente adotada no Brasil.

Joana Angélica contou que as aulas são destinadas a profissionais dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacens) e das vigilâncias sanitárias municipais e estaduais há muitos anos, de forma que todos já tiveram representantes envolvidos. De acordo com ela, até profissionais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e nefrologistas (especialidade médica dedicada ao diagnóstico e tratamento clínico das doenças do sistema Renal, crônico e agudo de clínicas de hemodiálise UTis de hospitais .

“Os trabalhadores dos Lacens e visas dos outros estados vêm ao INCQS assistir ao curso, depois retornam aos seus locais e aplicam os aprendizados. Quando eles não podem vir, a gente vai e ministra lá”, explicou.

E acrescentou:

“No programa, a gente discute questões como metodologias, limites e avanços para mudanças das legislações”.