Publicado em 03/09/2018.
Por Penélope Toledo (INCQS/ Fiocruz) 

Foto: Pedro Paulo Gonçalves (INCQS/ Fiocruz)

Dois membros da Rede Interamericana de Laboratórios de Análise de Alimentos/ RIILA (em inglês, Inter-American Network of Food Analysis Laboratories/INFAL) visitaram o INCQS no dia 28 de agosto. A Dra Margarita Moreno e o Dr Jonathan Vieira se reuniram com Antonio Eugênio de Almeida, Célia Romão, Silvana do Couto Jacob, Armi Nóbrega, Marcus de la Cruz, Maria Heloísa Paulino e Eleonora Vasconcellos, do INCQS, na sala da Direção.

Entre os temas discutidos estão a apresentação do novo portal da RILAA, a participação do INCQS na 9ª Assembleia Ordinária da Rede - que será realizada entre 5 e 9 de novembro, em Santo Domingo, na República Dominicana - e parcerias futuras, sobretudo nas áreas de ensaios de proficiência e de ensino.

Neste segundo tema, discutiu-se a possibilidade de abertura de vagas nos cursos do Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária (PPGVS) para estudantes estrangeiros.

Já no que tange a ensaios de proficiência, o debate girou em torno da viabilidade da RILAA se responsabilizar pela distribuição, aos países da América, dos itens dos ensaios que o INCQS produz.

Sobre isto, Armi Nóbrega, assessor da Direção do INCQS enfatizou a oportunidade de alcançar os laboratórios internacionais:

“Representa a possibilidade de ampliação das demandas dos ensaios de proficiência, pois no Brasil, a procura para o tipo de ensaio que o INCQS produz não tem crescido e com a RILAA, podemos expandir esta demanda a cerca de 250 laboratórios da América Latina”, explicou.

Outros temas que entraram em pauta foram a capacitação contínua dos profissionais da área de alimentos, por meio de “webinars” (teleconferências) e chats, bem como o fortalecimento do papel do INCQS no cenário nacional, na área de alimentos.

Maria Heloísa, do Departamento de Química (DQ) do INCQS e coordenadora substituta do Núcleo Técnico (NT) de Alimentos, considerou o encontro positivo, no sentido de aproximar o INCQS da RILAA:

“A interação com a Rede Interamericana de Laboratórios de Análise de Alimentos permite, dentre outras coisas, a divulgação dos trabalhos realizados no INCQS em todo o âmbito de atuação da RILAA, isto é, em toda a América”, destacou.

A RILAA é uma rede de cooperação horizontal entre laboratórios governamentais das Américas. Criada em 1997 após uma reunião organizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), é composta por mais de 250 laboratórios, membros de cerca de 30 países, dentre laboratórios em nível interamericano e instituições nacionais.