O Centro Brasileiro para Validação de Métodos Alternativos (BraCVAM, Brazilian Center for Validation of Alternative Methods) foi idealizado em 2008 [artigo ATLA 2008] e logo recebeu apoio da comunidade científica, setores produtivos, academia e órgãos internacionais [artigos ALTEX 2009 e ALTEX 2010].

Em 2011, durante as comemorações do aniversário do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), foi assinado um Acordo de Cooperação Técnica entre a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), criando uma comissão para viabilizar a criação do BraCVAM.

A partir de 2012 ficou estabelecido, através da Portaria que institui a Rede Nacional de Métodos Alternativos (RENAMA), que o processo de validação de métodos alternativos dar-se-á no âmbito do BraCVAM.

Em 2013 o BraCVAM foi oficialmente criado através de Portaria da Direção do INCQS